segunda-feira, 21 de março de 2011

Já te disse que os teus labios ja nao me desperta desejo? Já te disse que a tua mão já nao faz arrepiar a minha? Já te disse que os teus olhos já nao me mostram segurança? Já te disse que o meu coração já não acelera quando o visor do telemovel mostra o teu nome? Já te disse que a minha vida melhorou desde que saiste dela? Já te disse que o meu sorriso deixou de ser amarelo desde que te foste? Já te disse que estou feliz?

quinta-feira, 17 de março de 2011

Adoro ser forte, adoro que me telefones para estar comigo e eu conseguir dizer que não. Adoro notar o abalo na tua voz por eu te contrariar. Estas com medo não estas? Estas com medo de me teres perdido, de desta ser de vez. Eu noto que sim. Sinto que agora estas com remorsos do que me disseste naquele sábado de Carnaval em que te liguei. Quiseste fazer-te de forte e hoje eu agradeço-te por isso. Agradeço-te porque me abriste os olhos de um vez por todas e quando tu descobriste que afinal eu era "aquela", eu descobri que tu afinal és só mais um.

quarta-feira, 16 de março de 2011

Baú de recordações #1


"Ultimo dia, ultimas horas, últimos lamentos. Saíste depois daquela tão acesa discussão. Não pude evitar que me abandonasses. Fechaste-me a última porta, apagaste-me a última esperança. Sim, porque apesar de tudo, eu sempre vivi na esperança e na ânsia que pudesse haver melhor desfecho para a nossa história. Mais uma vez, fui uma fraca e não consegui suportar a dor e conter as lágrimas. Há a celebre frase “a esperança é a ultima a morrer” e hoje mais do que nunca faz todo o sentido. Porque antes da esperança morrerei eu. Morrerá a minha alma porque fizeste o meu coração parar."

 7 Abril 2009

domingo, 13 de março de 2011

Baú de recordações

Hoje ganhei finalmente coragem para ir ao meu velho computador vasculhar as pastas velhas, cheias de recordações. Encontrei fotos nossas, mil textos que fui escrevendo ao longo destes anos, conversas de msn que já não me lembrava que existiam. Curiosamente, fui invadida por um sentimento de nostalgia e saudade. A dor? Ficou perdida pelo caminho...

Sabes que mais?


Já não és a primeira pessoa em que penso quando acordo. Já não és a pessoa em quem penso quando estou prestes a adormecer. Assim como já não és tu quem preenche o meu pensamentos nas horas vazias e solitárias. Foste o primeiro de muita coisa boa. O primeiro amor, o primeiro namorado, o primeiro que apresentei a minha família, o primeiro que me fez sentir amada. Mas como a nossa história não estava destinada a ter um final feliz, foste também o primeiro que fez o meu mundo desabar, que me fez chorar dias e noites. Partiste-me o coração e doeu muito. E de vez em quando ainda doí, mas nada como dantes. E assim como vai deixando de doer, um dia também deixarei de escrever sobre (para) ti. Um dia...

sábado, 12 de março de 2011

 
"Enquanto vergo nao parto. Enquanto choro nao seco. Enquanto vivo nao corro à procura do que e certo"

quinta-feira, 10 de março de 2011

Amigos querem nome de Carlos Castro em rua de Lisboa

Proposta já foi entregue na câmara municipal 

Eu quero o meu nome numa rua de Santana, pode ser? Acho que fiz mal pela minha aldeia que este senhor por este país, mas enfim...

quarta-feira, 9 de março de 2011

O inicio de um recomeço

Acabou o Carnaval, acabaram as noites longas e os dias ainda mais longos. O balanço deste carnaval é super positivo. Há dois anos que nao me lembrava de me divertir tanto nestes dias e sabes porque ? Estava contigo e durante estes 2 anos e meio privei-me de muita coisa para nao ter que te ouvir. Privei-me de festas com os meus amigos porque tu nao querias ir e se eu fosse sem ti era o fim do mundo, privei-me de estar na discoteca ate as 7 da manha, porque tu as 3 ja querias ir para casa. Privei-me de tanta coisa que parece que este ano foi o melhor carnaval de sempre. Aproveitei todos os minutos comos meus amigos, dormi uma media de 2 horas por noite, estou exausta, mas fui muito, muito feliz. Tirando o incidente em que te liguei e que voltei a ficar sem forças, estes dias foram perfeitos. Obrigada aos melhores amigos do mundo.

segunda-feira, 7 de março de 2011

Eu sei que a culpa foi minha

Ninguem me mandou beber, ninguem me mandou ligar-te as 5 da manha depis de termos tado duas semanas sem nos vermos e falarmos. Ninguem me mandou perguntar-te se ja me tinhas esquecido. Eu ja sabia a resposta, mas ouvi-la da tua boca doeu. Doeu muito e eu ja nao estava habituada a esta dor. Graças a isso, nao dormi uma unica hora e andei o dia toda feita zombie. Agora, voltou a passar essa dor e voltou a Joana forte e determinada. E espero que desta vez, ela nao va embora.

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Depois de uma semana de férias e de um grande fim de semana, voltaram as aulas e as horas passadas sozinha. Nao tenho pensado em ti, sabes? Mal temos falado e nao tenho sentido falta nenhuma espero que agora que estou mais tempo sozinha isso nao mude. E espero tambem que nao decidas agora voltar a "aparecer" na minha vida. Não agora, que eu já estou bem.